Mensagem dos Autores

Motivados pelo desenvolvimento da Odontologia Legal no Brasil, os autores tiveram a iniciativa de agregar mais uma ferramenta de convergência da classe pericial odontológica com o intuito de divulgar notícias, eventos, trabalhos científicos, além de contribuir para a discussão e troca de experiências entre os praticantes da perícia odontolegal. Contamos com todos para tornarmos este Blog um centro de encontro e de crescimento profissional.







quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Análise de Critérios de Sucesso em Endodontia e Implantodontia


Resumo
Objetivo: Avaliou-se em estudos longitudinais os critérios de sucesso em endodontia e implantodontia. Material e métodos: Fontes de catalogação bibliográfica identificadas eletronicamente pela MEDLINE e Cochrane Collaboration foram utilizadas. A estratégia de busca na base de dados MEDLINE foi realizada pelo portal PubMed (http://www.ncbi.nlm.nih.gov/PubMed), de 1966 até 19 de janeiro de 2009, a partir de várias combinações de palavras-chave: success criteria and dental implants OR failure criteria and dental implants OR success criteria and osseointegration OR failure criteria and osseointegration OR success criteria and endodontic treatment OR failure criteria and endodontic treatment OR success criteria and root canal treatment OR failure criteria and root canal treatment OR success criteria and endodontic therapy OR failure criteria and endodontic therapy OR success criteria and endodontics OR failure criteria and endodontics. Resultados: A busca apresentou 684 artigos, sendo que destes, 263 não vinculavam-se com o objetivo, 206 eram revisões de literatura, 378 relacionavam-se com estudos em humanos, 14 estudos em animais, e 112 incluíram estudos in vitro. Dos 378 estudos em humanos, 15 satisfizeram os critérios de inclusão, sendo que todos estavam relacionados ao sucesso e/ou sobrevivência de implantes, não havendo trabalho relacionado ao sucesso de tratamento endodôntico não-cirúrgico. Foi analisado o sucesso de 1601 implantes com índice de sucesso médio de 90,84%; a sobrevivência média de 5663 implantes foi de 94,7%. Conclusão: Os estudos adotaram critérios de sucessos distintos para ambas as áreas, o que implica na necessidade do estabelecimento de um modelo de referência contemporâneo e de consenso, com vistas a facilitar os futuros estudos. Artigo publicado em: Rev Odontol Bras Central 2010;19(49): 108-18.

0 comentários:

Postar um comentário

Compartilhe