Mensagem dos Autores

Motivados pelo desenvolvimento da Odontologia Legal no Brasil, os autores tiveram a iniciativa de agregar mais uma ferramenta de convergência da classe pericial odontológica com o intuito de divulgar notícias, eventos, trabalhos científicos, além de contribuir para a discussão e troca de experiências entre os praticantes da perícia odontolegal. Contamos com todos para tornarmos este Blog um centro de encontro e de crescimento profissional.







domingo, 31 de outubro de 2010

QUEM IDENTIFICOU MENGELE FOI O CÔNSUL DACHI


*
Joseph Menguele
* imagem obtida na internet.

É injusto atribuir ao senador Romeu Tuma um papel decisivo na descoberta do paradeiro do criminoso nazista Josef Mengele, o médico de Auschwitz. Enquanto viveu foragido, Mengele sempre manteve comunicação com a família e, em 1985, a polícia alemã identificou, com nome, sobrenome e endereço, um casal que o acoitara em São Paulo.

Eles revelaram a Tuma que Mengele vivera em São Paulo como "dr. Gerhard", morrera afogado na praia de Bertioga em 1979 e fora sepultado no cemitério do Embu. Tuma exumou o corpo, mas a descoberta foi recebida com ceticismo pelos principais caçadores de nazistas. O mais famoso deles, Simon Wiesenthal, ironizou: "Essa é a sétima morte de Mengele".

Quem desfez o enigma foi Stephen Dachi, cônsul americano em São Paulo. Dentista, fluente em português, espanhol e alemão, Dachi estudou o diário mantido pelo "dr. Gerhard" e encontrou uma entrada na qual ele informava que, em 1978, fizera um tratamento de canal com um certo dr. Gama, em "Sam". Dachi percebera que o doutor gostava de abreviaturas e concluiu que "Sam" significava "Santo Amaro". Achou o dentista e as radiografias do paciente. Elas conferiam com a ficha dentária de Mengele feita na Alemanha em 1939.

Em 1992, um exame de DNA bateu o martelo. Do episódio ficou a suspeita de que a família de Mengele, que o sustentou durante 34 anos, vivendo no Paraguai e, mais tarde, modestamente, no Brasil, quis encerrar o mistério em torno do paradeiro do "Anjo da Morte".

*Notícia publicada na gazeta online em 30/10/2010. 
**Notícia enviada por Marcelo Machado.

0 comentários:

Postar um comentário

Compartilhe