Mensagem dos Autores

Motivados pelo desenvolvimento da Odontologia Legal no Brasil, os autores tiveram a iniciativa de agregar mais uma ferramenta de convergência da classe pericial odontológica com o intuito de divulgar notícias, eventos, trabalhos científicos, além de contribuir para a discussão e troca de experiências entre os praticantes da perícia odontolegal. Contamos com todos para tornarmos este Blog um centro de encontro e de crescimento profissional.







quarta-feira, 28 de julho de 2010

Humor ou Infração Ética em Odontologia?


Desde o seu lançamento, um livro polêmico, perturbador, ousado e único no seu gênero. Com um toque pitoresco, o que torna sua leitura de fácil assimilação e ao mesmo tempo divertida, aborda assuntos sérios, de interesse comum, jamais antes abordados e levados ao conhecimento do público leigo. Uma obra que mostra a realidade, o que se passa por detrás da cadeira de muitos consultórios odontológicos e que jamais saberíamos de uma outra forma. Uma obra séria, que toca num assunto sério, mas de uma forma leve, divertida e cômica, fazendo-a dessa forma se destacar como algo ímpar na literatura atual, ao mesmo tempo que incute no leitor, de forma sutil, um misto de dúvida aliado ao desejo de novos e maiores esclarecimentos acerca de sua vivência dentro de um consultório dentário.

A obra, ousada, desde o início causou polêmica em todo o país. Com a primeira edição esgotada em poucos meses, a crítica especializada aplaudia a iniciativa e reconhecia na obra um trabalho de saúde pública enquanto associações de classe se mobilizavam em todo país contra o livro e seu autor. Cirurgiões-dentistas de todo país criticavam a obra nos veículos de comunicação pertinentes, chegando-se ao ponto de uma manifestação do Conselho Federal de Odontologia. Mas a resposta do autor às críticas foi incisiva e sólida. Utilizando de seu direito de resposta, o autor novamente expôs ao público os motivos que o levaram a escrever a obra e deixou transparecer de uma maneira clara que aqueles que não coincidem com a divulgação e expressão da obra são justamente aqueles que se identificaram nas entrelinhas da mesma, ou seja, os maus profissionais, sobre os quais o livro chama a atenção e condena.


ENTREVISTA RETIRADA DO SITE DO AUTOR: http://www.eduardoesber.com/
"Bem, já deu para perceber que você gosta de coisas polêmicas. Não bastasse todo o rumor que causou com seu primeiro livro, temos agora este que, pelo que pude perceber, está muito mais incisivo e controverso do que o anterior. Eu diria até aterrorizante. O que exatamente o levou a escrever esse livro e por que não escreveu algo para estimular as pessoas a irem ao dentista, já que você é um dentista?

Inicialmente gostaria de enfatizar que respeito o bom humor de meus leitores e, sendo assim, considero válido tudo o que possa ser feito para estimulá-lo. Nesse mundo atribulado no qual vivemos, corremos o risco de, sem percebermos, nos deixarmos levar pela onda de pessimismo que arrasta a maioria das pessoas, que mais reclamam do que simplesmente vivem suas vidas. Se a vida não é lá tão bela, o que reconheço, nem por isso vamos deixar nosso senso de humor de lado e fazermos parte da grande massa de insatisfeitos e reclamantes que nos rodeia. Isso só vem a piorar as coisas. Embora a insatisfação por vezes bata à nossa porta, devemos saber lidar com ela, ou melhor, brincar com ela, que é como deve ser tratada. E para isso existe o senso de humor. Para aqueles que o têm, é esse mesmo senso de humor que vai dizer se, após a leitura do livro, deve-se ou não ir ao dentista.

Seu primeiro livro causou pânico para grande parte da população, inclusive uma enorme revolta entre os dentistas e os órgãos regulamentadores da classe. Soube de um processo ético que foi movido contra você. Como você interpreta essa reação das pessoas, sendo que para muitas você está tentando convencer o seu leitor a não ir ao dentista?

Aprendemos muitas coisas na escola. Aprendemos muitas coisas em nosso trabalho, em nossa profissão. Muitas pessoas nos ensinaram tantas coisas, da mesma maneira que ensinamos tantas outras a tantos outros. Se quer aprender sobre algum assunto específico, compre um livro, leia-o, releia-o, faça perguntas para alguém que domine o assunto mais do que você. Tenho certeza que aprenderá tudo o que precisar. Infelizmente não existem livros que ensinam a ter senso de humor, muito menos livros que ensinam a sorrir. Quem ensina isso é a vida, mas nem todos aprendem, talvez por não terem aprendido a viver. Viver é uma forma de interação com nosso mundo e o aprendizado ocorre a partir dessa interação. Quando as pessoas se fecham dentro de sua ignorância, não ocorre essa interação e consequentemente não ocorre o aprendizado. Se o primeiro livro causou pânico para muitas pessoas, para milhares de outras causou muitas gargalhadas e proporcionou um conhecimento sobre odontologia que não seria adquirido de outra forma. Sua percepção e entendimento de um tratamento odontológico mudaram, e mudou, para melhor, a forma de enxegar um consultório dentário e interagir com o profissional que lá trabalha. Para os insatisfeitos, recomendo procurarem na livraria mais próxima o título "Como ter senso de humor em 10 lições". Não irão ainda aprender, muito menos encontrarem esse livro, mas só pelo fato de refletirem sobre isso, já terão dado o primeiro passo."

COMENTÁRIO RETIRADO DO SITE DO AUTOR: www.eduardoesber.com  
Nada melhor do que um dentista para... contar piadas de dentistas! Entre muitas piadas inéditas, o livro apresenta as mais tradicionais piadas de dentistas, contadas de uma forma diferente e pitoresca. Diferentemente dos livros de piadas comuns, onde as piadas são simplesmente expostas uma a uma, de uma maneira crua, o livro inova em seu formato, proporcionando ao leitor, de forma cômica e divertida, para cada piada, um desfecho favorável, um desfecho trágico, comentários de um dentista, com fatos de sua vivência profissional e, satirizando ao extremo, a resposta para a pergunta: Pode acontecer? Uma verdadeira obra-prima do humor, indispensável para todos aqueles que um dia acordaram e, frente a todos os problemas que tinham, resolveram simplesmente rir e levar suas vidas.


As 3 obras do CD. Eduardo Esber podem ser encontradas no seu site http://www.eduardoesber.com/ .

0 comentários:

Postar um comentário

Compartilhe