Mensagem dos Autores

Motivados pelo desenvolvimento da Odontologia Legal no Brasil, os autores tiveram a iniciativa de agregar mais uma ferramenta de convergência da classe pericial odontológica com o intuito de divulgar notícias, eventos, trabalhos científicos, além de contribuir para a discussão e troca de experiências entre os praticantes da perícia odontolegal. Contamos com todos para tornarmos este Blog um centro de encontro e de crescimento profissional.







quarta-feira, 24 de março de 2010

Danos bucomaxilofaciais em mulheres: registros do Instituto Médico-Legal de Ribeirão Preto (SP), no período de 1998 a 2002

Resumo

Objetivo: Partindo da constatação de que a violência constitui um dos principais agravos à saúde e bem-estar das mulheres, realizou-se uma investigação para averiguar o comportamento quantitativo das lesões corporais que atingiram o complexo maxilo-mandibular em mulheres que se submeteram à perícia médico-legal no Instituto Médico Legal (IML), no município de Ribeirão Preto, SP, Brasil, nos anos de 1998 a 2002. Metodologia: Estudo descritivo, no qual foram consultados n=28.192 laudos periciais realizados para esclarecimento de crimes de lesão corporal e estudo baseado nos seguintes critérios: faixa etária, grupo étnico, etiologia e classificação jurídica do dano, região atingida. Resultados: A faixa etária predominante foi de 26 a 30 anos (19,9 %); o grupo étnico com maior incidência foi de mulheres brancas. Quanto à etiologia do dano, verifica-se um maior percentual nas agressões físicas (57 %); na descrição das lesões, observou-se uma maior incidência de traumas resultando em escoriação, seguida de edema e equimose. Quanto às regiões da face atingidas, a região oral foi a mais prevalente, seguida da região nasal. Conclusão: Nos crimes de lesão corporal em mulheres há um elevado comprometimento do complexo maxilo-mandibular. Publicado em Revista Odonto Ciência. 2009;24(1):71-76
Baixar texto completo
Autor: janete@forp.usp.br

0 comentários:

Postar um comentário

Compartilhe